Como participar

Os projetos devem enquadrar-se numa das seguintes áreas de estudo: Biologia; Ciências da Terra; Ciências do Ambiente; Ciências Médicas; Ciências Sociais; Economia; Engenharias; Física; Informática/Ciências da Computação; Matemática, Química e Bioeconomia.
Na área da Bioeconomia os projetos devem basear-se no uso de materiais biológicos renováveis provenientes de plantas, animais ou micro-organismos, para aplicação nos seguintes domínios: a) Segurança alimentar, nutrição e saúde; b) Produção de materiais não alimentares inovadores.
Não são admitidos a concurso trabalhos que envolvam substâncias radioativas, materiais tóxicos e cancerígenos, experiências que impliquem o sofrimento físico ou psicológico de animais vivos, ou a sua morte.

Os projetos devem ser submetidos eletronicamente até 21 de abril de 2017, através do preenchimento do seguinte formulário.

Cada escola poderá submeter até um máximo de 6 trabalhos.
Durante a candidatura os jovens devem preencher o formulário on-line e anexar o projeto de acordo com as seguintes indicações:

- Identificar claramente a área de estudo;
- Apresentar um sumário de uma página A4 contendo os aspetos mais relevantes do projeto (palavras-chave, objetivos, metodologia, observações e conclusões);
- Apresentar um relatório escrito com um máximo de 10 páginas A4, em ficheiro pdf. (máximo de 3MB);
- Organizar o relatório de acordo com os seguintes elementos: título, índice, resumo, introdução, metodologia, resultados, discussão, conclusão e bibliografia.
- Poderão ainda apresentar anexos como fotografias, desenhos, gráficos e vídeos (máximo de 10MB);
- Redigir uma descrição simples e clara do trabalho para incluir catálogo oficial da 11ª Mostra Nacional de Ciência (máximo de 10 linhas).

O trabalho deverá ser escrito em português. No entanto, os projetos premiados que venham a participar na Final Europeia devem, até ao dia 6 de junho, entregar o projeto traduzido para Inglês.